CAMINHONEIROS ESCRAVOS DOS INVESTIDORES ESTRANGEIROS

Depois que nós, caminhoneiros autônomos, entramos em contato com o ministro Onyx Lorenzoni e explicamos que este aumento de 5,7% no DIESEL iria criar um colapso no setor de transportes, o governo entendeu que realmente iria acontecer uma paralisação geral, melhor, iria não, vai acontecer a qualquer momento; pois com a repercussão e o sensacionalismo que a Globo News fez no Estúdio I, hoje, 12.04.2019, sobre os investidores e a queda de 7,6% nas ações da Petrobrás… Chegaram até a dizer que o povo está refém dos caminhoneiros; mas em nenhum momento falaram que tomaram café, almoçaram e foram trabalhar nos seus carros de luxo graças aos caminhoneiros que, mesmo não tendo lucro algum, continuam transportando o progresso do país. Com certeza o aumento virá. O governo Bolsonaro mostra estar preocupado com a categoria, mas muitos assim como o povo da Globo News não querem nem saber quem vai ter prejuízo o que eles querem é o “quanto pior melhor”.

Nós caminhoneiros estamos acompanhando os trabalhos do governo e percebemos que a morosidade para resolver esse problema da alta do Diesel é provocada pela teimosia da equipe do governo que continua a ouvir pessoas que se dizem líderes de caminhoneiros, mas não sabem quanto custa um pneu, uma lâmpada de direção, uma troca de óleo de motor, e muito menos quando é que tem que trocar o óleo do motor.
Nós, as lideranças que realmente pararam esse país, junto com os caminhoneiros de peito e coragem para lutar por seus direitos, estamos atentos acompanhando tudo e esperando o governo nos chamar para que possamos de fato mostrar a realidade e a solução para o governo.

PETROBRAS
Hoje ficou claro que, nós brasileiros, não estamos salvando a estatal do rombo que outros governos fizeram e sim estamos sustentando investidores estrangeiros a encher os cofres deles com o nosso suor e sofrimento. Nós brasileiros não podemos aceitar mais isso, ser escravos do capital estrangeiro, o governo Bolsonaro precisa parar de olhar para os investidores e olhar para quem colocou ele lá no poder, ou ele faz isso ou enfrentará sim uma paralisação tal que não vai ter capital estrangeiro no mundo que o segure em pé.
Nós, caminhoneiros, temos um lema se é para perder tudo que seja lutando, como diz o ditado militar, “se é para cair vamos cair atirando”.
Por isso peço a todos os caminhoneiros vamos manter a união. Por que o aumento virá e, caso venha, o governo estará mostrando que o que vale para ele é o capital estrangeiro e o lucro desses investidores.

Vídeo

Wanderlei Dedéco

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *